NATUREZA PURA

Muitos perguntam qual o segredo dos vinhos Corga da Chã. As uvas da Quinta da Corga da Chã crescem envoltas por uma floresta variada, atravessada por riachos e com características geomorfológicas únicas.

É este ambiente absolutamente de sonho, esta paz de espírito que sentimos ao caminhar pela Quinta que nos faz de facto sentir no Paraíso.

A Quinta

Corga (sítio encovado no meio da serra) e Chã (sítio plano ou pequena planície) dão o nome à quinta e definem uma parte do terroir: vinhas em terreno plano mas num sítio encovado. Os solos xistosos e a diversidade florestal definem a outra parte.


As videiras de Trajadura encontram aqui o terroir ideal

A quinta que há três gerações é dirigida e orientada pela mesma família tem cerca de 40 hectares dos quais 5 são exclusivamente dedicados à produção de uva. A floresta que ocupa a restante área está repartida entre eucaliptos, pinheiros, choupos e carvalhos.

Localiza-se em Castelo de Paiva, numa freguesia com o sugestivo nome de Paraíso e está integrada na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, sub-região do Paiva.



QUINTA DA CORGA DA CHÃ - S. Pedro do Paraíso, Castelo de Paiva